A reunião aconteceu no cartório eleitoral de Simões-PI que corresponde também a Curral Novo-PI e  Caridade-PI. Na reunião foram esclarecidas todas as possibilidades de utilização de mídias eleitorais desde carro de som, propagandas na rádio, horário de funcionamento das propagandas volantes, dentre outros. 


Estiveram presentes representantes de todas as coligações da cidades citadas. O objetivo da reunião é esclarecer dúvidas sobre as novas regras da propaganda eleitoral em decorrência da minirreforma eleitoral – Lei nº 13.165/2015 – que culminou com várias mudanças para as eleições municipais deste ano. 


Estiveram presentes na reunião a promotora de Justiça Tallita Luzia, Dr. Agenor delegado da polícia Civil, capitão da PM Milton e funcionários da justiça eleitoral.

Zé Ulisses e Claudeir  da coligação - UNIDOS PELO PROGRESSO - recebem atualização de suas candidaturas em 23 de agosto de 2016, onde consta as suas totais condições de concorrer ao pleito municipal de 2016. As candidaturas estão aptas, deferidas e atualizadas pelo TSE. 


Simões-PI segue com sérios problemas de abastecimento de água encanada, de modo especial nos bairros mais altos e distantes do centro da cidade. A prefeitura de Simões vem dando cobertura na zona urbana com dois carros pipas contratados para distribuição de água. Segundo a secretaria de transportes faz uma semana que o trabalho com carros pipas vem sendo realizado na tentativa de amenizar o sofrimento da população. 


O trabalho de distribuição de água acontece durante o dia inteiro, transportando assim a maior quantidade de carradas de água diárias. As mesmas reclamações de sempre escuta-se da pessoas em todas as residências. Ainda segundo a prefeitura está dando cobertura com carros pipas na zona urbana e na zona rural com o carro pipa da prefeitura, o governo federal cortou mais de 200 carradas de água e  a defesa civil do Estado do Piauí  ainda não se manifestou. 


Segunda a secretaria de administração do município, a prefeitura passa por dificuldades e ainda tem assumir responsabilidades e obrigações do governo federal, Estadual e da agespisa.







O Brasil perdeu 22,9 milhões de linhas móveis ao longo de 2015 – uma queda de 8% com relação ao número total de linhas em 2014. Segundo dados divulgados ontem pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o País encerrou dezembro de 2015 com 257,8 milhões de linhas móveis – no mesmo período do ano anterior, 280,73 milhões de linhas estavam ativas.

O principal responsável para a queda é o abandono de linhas pré-pagas: só em dezembro, 12 milhões de linhas desse tipo foram canceladas. Com isso, o total de linhas que operam nesse modelo ficou em 184,5 milhões, contra 212,9 milhões em dezembro de 2014. Para Eduardo Levy, presidente executivo da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), organização que representa as operadoras, a queda se deve a um conjunto de fatores.

“Há uma mudança no comportamento das pessoas, que têm preferido se comunicar via texto através de rede de dados, utilizando aplicativos como WhatsApp e Facebook”, diz Levy. Além disso, o executivo aponta que a migração do uso de voz para dados, a redução dos custos de interoperabilidade nas redes móveis e a crise econômica também influem na queda acentuada.

Procuradas pela reportagem do Estado, as operadoras reconheceram a mudança de comportamento dos usuários nos últimos meses, que passaram a usar mais internet e menos as ligações em seus aparelhos, e entendem o fim do chamado “efeito comunidade”, que fazia muitos brasileiros manterem dois ou mais chips de diferentes operadoras para aproveitar promoções nas chamadas entre números da mesma companhia.

Outra razão para a redução do número de linhas em dezembro é o fato de que o mês é utilizado como referência para que as operadoras paguem uma taxa anual por cada linha de celular ativa ao Fundo de Fiscalização de Telecomunicações (Fistel). Anualmente, cada operadora tem de pagar R$ 13,41 por linha ativa.

“As operadoras aproveitaram para limpar sua base e, com isso, evitar o pagamento de taxas sobre usuários pré-pagos que estavam inativos”, explica Eduardo Tude, presidente da consultoria Teleco. De acordo com a Anatel, uma linha pré-paga pode ser considerada inativa caso não tenha recebido recarga 60 dias após a expiração dos últimos créditos carregados.

Entre as operadoras, a Vivo registrou queda de 6,2 milhões de acessos em dezembro – a maior entre as operadoras. O cancelamento dessas linhas pode ter rendido à operadora economia de cerca de R$ 83 milhões em pagamentos ao Fistel. Em nota enviada ao Estado, a Vivo afirma que “vem adotando uma política mais restritiva de desconexão de clientes pré-pagos inativos, conforme os prazos estabelecidos pela Anatel”.

Também em nota, a TIM “entende que essa mudança é importante para manter na base apenas os clientes ativos e para reduzir pagamento de taxas sobre linhas inativas” –a operadora teve redução de 3 milhões de linhas móveis em dezembro, em uma possível economia de cerca de R$ 40 milhões. Claro e Oi, por sua vez, registraram recuo de 1,4 milhão (R$ 18,8 milhões) e 1,1 milhão de linhas (R$ 14,8 milhões), respectivamente. Para Roberto Guenzburger, diretor de mobilidade da Oi, a tendência de redução de chips “não é ruim” para as receitas do setor. “Você terá menos usuários, mas eles gastarão mais na sua operadora”, diz.

Segundo Tude, a queda deve continuar nos próximos meses: “Com o uso mais intenso de aplicativos de mensagem, muitos brasileiros tem abandonado o segundo ou terceiro chip.”

É o caso da historiadora gaúcha Samantha Thiesen. No início de 2015, ela gastava R$ 200 por mês com dois chips pré-pagos – um da Claro, outro da Tim. Hoje, Samantha abandonou o chip da Claro e contratou um plano pós-pago da TIM, reduzindo seus gastos com celular para cerca de R$ 80 por mês.

Ela não é a única: apesar da queda nos pré-pagos, o número de pós-pagos teve crescimento em 2015, passando de 67,8 milhões em dezembro de 2014 para 73,2 milhões de linhas ativas TV paga. Além da queda na telefonia celular, que em 2015 acumulou perda de cerca de 23 milhões de linhas ativas sobre 2014, as operadoras também amargaram em dezembro novo recuo no número de clientes de televisão por assinatura. Segundo os dados da agência, a base de assinantes de TV paga do País terminou 2015 em 19,05 milhões, uma queda de 2,7% sobre a base de 2014.

Na TV por assinatura, a retração acontece desde meados do ano passado, mas continuou em dezembro, com perda de 117,3 mil clientes – no total, o último mês de 2015 registrou um total de 19,1 milhões de assinantes. A maior parte da queda ocorreu nos serviços de TV por satélite, cuja base caiu a 11,1 milhões de assinantes no final de 2015. Enquanto isso, os serviços via fibra ótica e a cabo tiveram incrementos leves, para 170,8 mil e 7,8 milhões de pagantes, respectivamente.

Fonte: O estado de São Paulo

Dia 20 de agosto dia oficial do município de Simões para a comemoração do dia do evangélico, o evento aconteceu na praça Antonio Lopes e reuniu grande número de irmãos de vários igrejas localizadas no município que fazem seus trabalhos de evangelização. Esta data visa o incentivo da espiritualidade e da fé religiosa promovida pela doutrina evangélica. O Dia do Evangélico é feriado municipal e os irmãos  se dedicam  ao procedimento do evento com grande culto ao ar livre.










As eleições municipais no Piauí caminham para uma das mais acirradas e violentas. Pelo menos é o que imaginam os juízes do interior. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) recebeu o pedido de reforço de tropas federais para 139 municípios piauienses. O número bateu o recorde das eleições anteriores.

Os juízes alegam histórico de violência e ânimo acirrados entre grupos nos municípios.
Até meio dia desta quinta-feira (18), os juizes de 56, de um total de 98 zonas eleitorais do Piauí, solicitaram ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí a presença de tropas federais durante as eleições 2016. As zonas compreendem mais de um município e, dessa forma, 139 cidades devem receber auxílio das tropas.

Todos os pedidos já foram deferidos pelo TRE e serão encaminhados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que irá homologar ou não as solicitações. Caso sejam homologadas, as tropas deverão chegar aos municípios às vésperas do dia da votação do primeiro turno, dia 02 de outubro.

Dentre os diversos motivos para os pedidos, os juízes destacaram o histórico das cidades com grande extensão territorial, crimes eleitorais e pouco quantitativo de policiais na regição. A presença das tropas tem como objetivo garantir a segurança dos eleitores e até mesmo dos candidatos que disputam as eleições.

Fonte: Cidade Verde

280 pessoas recebem diplomas de curso oferecido através da secretaria de assistência social do Estado, governo do Estado em parceria com Upgrade tecnologia educacional. O curso foi ministrado no caminhão digital no Povoado Maria Preta município de Simões-PI. 


O curso foi dividido em conhecimentos de Ipd, windows, word e internet com carga horária de 44 horas. Estivem presentes o prefeito Doge, a 1ª dama Edilene Pereira, o dep. Estadual e secretário de assistência do Piauí  Henrique Rebelo e demais trabalhadores dos serviços sociais do município. 


O dep. Henrique rebelo felicitou a todos os concludentes pelo realização do curso e disse a todos que o governo do estado vai realizar  a pavimentação asfáltica de Simões a Pe. Marcos, como também a pavimentação asfáltica da estrada perimetral que liga a PI 142 a PI 458.










A audiência pública aconteceu para discutir a irregularidade do abastecimento de água encanada em Simões, de modo especial nos bairros Soledade I e II, Altos e Vila Nair. O evento mostrou pouco interesse da população por um assunto da maior relevância. 


Apesar de avisos em todas as redes sociais e carro de som pelas ruas da cidade,  apenas um pequeno grupo de pessoas esteve presente, algo difícil de entender, pois a própria população sofre com a falta de água, mas por outro lado não comparece a audiência para externar seu pensamento a respeito do assunto. Estiverem presentes o Sr. Gesiel  superintende para região sul do Estado, o gerente regional o Sr. Sérgio, o agente administrativo em Simões o Sr. Genival Barbosa, todos da agespisa. 


Foram discutidos muitos assuntos como: Ligar a água da barragem de Salgadinha em Simões  ou  permanecer com adutora de Patos, desvio de água,  baixa tensão elétrica o que causa a queima de bombas, Genival Barbosa pediu uma viatura para Simões, Caridade e Curral Novo, mais fiscalização, construção de caixa de água exclusiva para o bairro Soledade com canalização pela estrada perimetral, dentre outros. 



As poucas pessoas presente tiveram direito a palavra ao microfone e fizeram inúmeras perguntas aos técnicos da agespisa, as quais todas foram respondidas o que causou satisfação dos presentes, em algum momento os funcionários da agespisa receberam elogios pela disponibilidade e o interesse em resolver o problema.

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Carlos Ayres Britto, estará em Teresina no próximo dia 23 para proferir palestra e receber homenagem do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI). Ele falará sobre o tema Os Tribunais de Contas e o Fortalecimento da Democracia no Brasil, em solenidade no TCE-PI, e receberá a medalha Colar do Mérito, com a qual o Tribunal homenageia personalidades pela contribuição dada ao desenvolvimento da Corte de Contas do estado.

Ayres Britto vem a Teresina a convite do presidente do TCE-PI, conselheiro Luciano Nunes. “Para nós será uma grande honra receber o ministro Ayres Britto em nosso Tribunal e, especialmente, assistir à sua palestra. Trata-se de um dos homens mais cultos da magistratura brasileira, com vários livros publicados, e de uma experiência e vivência riquíssima nas lides jurídicas. Sua palestra certamente será muito enriquecedora para todos nós”, diz Luciano Nunes.

A palestra de Ayres Britto faz parte das festividades dos 117 anos do TCE-PI, comemorados oficialmente no dia 30 de agosto, com a entrega da medalha Colar do Mérito a diversas autoridades e personalidades, entre políticos, magistrados e jornalistas. Por questão de agenda de Ayres Britto, a palestra dele será uma semana antes, no dia 23. Sergipano de Propriá, Carlos Ayres Britto foi eleito em abril de 2012 presidente do STF, para o biênio 2012/14.

No entanto, deixou o cargo em novembro de 2012, às vésperas de completar 70 anos, na época idade limite para aposentadoria compulsória dos servidores públicos. Desde então, vem se dedicando à advocacia, a estudos e a palestras pelo país inteiro. 

Fonte: Meio Norte

A ex-prefeita de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite da Silva (sem partido), obteve liminar da Justiça Federal para ter acesso às dependências da prefeitura e secretarias do município e, desta forma, reassumir o cargo. A decisão do juiz federal José Magno Linhares Moraes foi assinada nesta segunda-feira (8).

De acordo com os autos, a ex-prefeita solicitou à Justiça a revogação da sua proibição de acesso aos prédios municipais para reassumir o comando do município após ter sido convocada em sessão extraordinária pelo presidente da Câmara de Vereadores da cidade, Arão Silva (PTC), para tomar posse no cargo.

Na decisão, o magistrado destacou que "tendo sito alterada a situação fatídica vivenciada pela requerente, a qual se encontra prestes a exercer suas funções públicas ao cargo de prefeito, subscrito pelo presidente da Câmara Municipal de Bom Jardim e prestando homenagem ao princípio da razoabilidade, considero desnecessária a manutenção da medida restritiva, ora impugnada". O juiz determinou que a Câmara de Vereadores junte aos autos a documentação da posse de Lidiane em até três dias. O UOL tentou sem sucesso contato com Arão Silva e a defesa de Lidiane na noite desta segunda-feira (8).

Quase um ano afastada

Lidiane está afastada da prefeitura de Bom Jardim desde o dia 20 de agosto de 2015, quando fugiu da cidade para não ser presa pela Polícia Federal durante a operação Éden. Na ocasião, a polícia tentou cumprir três mandados de prisão expedidos pela Justiça contra ela, contra o ex-marido e ex-secretário de Assuntos Políticos, Humberto Dantas dos Santos, e contra o ex-secretário de Agricultura, Antônio Gomes da Silva. 

Santos e Silva foram presos, mas obtiveram habeas corpus no dia 25 de setembro e respondem pelos crimes em liberdade. Já Lidiane ficou 39 dias foragida até se entregar na superintendência da Polícia Federal de São Luís no dia 28 de setembro. Ela atualmente usa tornozeleira eletrônica e está respondendo aos processos em liberdade.

A vice-prefeita de Bom Jardim, Malrinete Gralhada (PMDB), assumiu interinamente a administração municipal no dia 28 de setembro, seguindo liminar da 2ª Vara da Comarca de Bom Jardim.

Desvios

O grupo foi denunciado pelo MPE (Ministério Público Estado) por desvio de recursos no valor de R$ 15 milhões destinados à educação. Investigações apontaram que os alunos das escolas municipais eram dispensados mais cedo das aulas por falta de merenda.

Lidiane ficou conhecida por ostentar suposta riqueza em eventos na cidade e nas redes sociais, posando para fotos de viagens, festas, carros e roupas caras - em 2012, ao se candidatar à prefeitura, ela declarou à Justiça Eleitoral que não possuía bens.

A defesa de Lidiane alegou que ela teria recursos próprios para Justificar a vida de luxo e negou que ela usou qualquer recurso o público em benefício próprio. O salário de R$ 12 mil que ela ganhava enquanto prefeita, os bens deixados pelo ex-marido e um "namorado rico" explicariam a mudança de status social dela.

Fonte: UOL

A cada profissional de Simões que se destacou pelos serviços prestados e a empresa que melhor serviu ao cliente, estes por ter sido primeiro lugar em opinião pública, foram apontados como expressão popular da cidade de Simões-PI. O evento se deu por motivo de pesquisa de opinião pública e aconteceu a entrega no hotel municipal o prêmio FERAS DE OURO.



Uma convenção partidária realizada nesta sexta feira (29), em Boa Viagem-CE, foi marcada por um momento de grande susto para políticos e populares do município. O palco de alvenaria que abrigava candidatos e lideranças políticas despencou. 

No momento em que os políticos discursavam, um buraco de aproximadamente 3 metros se abriu derrubando o prefeito de Boa Viagem, Fernando Assef e os deputados Evandro Leitao (PDT), Andrelânia Noronha (SD) e Audic Mota (PMDB), que participavam da convenção. Apesar do susto, ninguém se feriu gravemente, resultando apenas em algumas pessoas com pequenos arranhões.



Na ocasião, o Partido Republicano Brasileiro (PRB) apresentou seus pré-candidatos à prefeito, vice e vereadores. Foram homologadas as candidaturas à prefeito e vice de Adriano Silva (PRB) e Ezaú Fragoso (PHS).



Na manhã do dia 30 de julho de 2016 no ginásio poliesportivo em Simões-PI, aconteceu convenção  que homologou os nomes dos pré-candidatos a prefeito e vice-prefeita Zé Wlisses e Claudeir Carvalho, respectivamente, além dos candidatos a vereadores.

Diversas lideranças políticas estiveram presentes na convenção em uma manifestação de apoio, como o deputado estadual Georgiano Neto.

O pré-candidato Zé Wlisses fez um discurso marcado pelo entusiasmo e destacou que colocou seu nome não por vaidade pessoal ou status, mas sim pelo sonho que foi construído ao longo do tempo, disse ter adquirido muita experiência  política com a sua família, pois assumiu esta missão com responsabilidade e assim vai continuar. Enfatizou que cresceu no trabalho pesado da roça e no comércio, percorreu todo município de Simões fazendo um trabalho digno e honesto, o que o fez  se tornar o cidadão que hoje é. Agradeceu a credibilidade do povo quanto a sua pessoa em enfrentar esta grande jornada. 

A expectativa é desenvolver um trabalho satisfatório e atender os anseios da população de maneira justa e equilibrada que possa servir a todas as classes, mas com intensão especial aos menos favorecidos. Por fim agradeceu o apoio do seu amado povo e de todos os partidos da coligação e que sempre estará a disposição.

A pré-candidata a vice-prefeita Claudeir Carvalho fez um discurso muito descontraída. Disse que aprendeu que ser política é viver ao lado do povo, viver trabalhando para o povo, mas pra isso é necessário humildade, amizade e cumprir com os compromissos. Disse ainda que foi o respeito que têm pelo próximo que lhes deu a capacidade de tornar-se pré-candidata a vice. Convidou a mulheres a participar mais da vida pública, pois as mulheres são capazes de trabalhar pelo país mais igualitário e que todos podem continuar contando com seus trabalhos. Por fim agradeceu a todos que estiveram presentes e também a todos da coligação.




O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), lançou nesta terça-feira (26) a Campanha de Vacinação contra a Dengue no estado. A vacinação começará no dia 13 de agosto em 30 cidades, escolhidas por critérios técnicos e epidemiológicos, e seguirá até o dia 31.

A vacina tem três doses, e elas devem ser tomadas a cada seis meses. O público-alvo em 28 municípios abrangerá pessoas entre 15 e 27 anos. Em Paranaguá, no litoral, e em Assaí, na região norte, a faixa etária do público-alvo será diferente: dos 9 aos 44 anos. Isto se deve porque as duas cidades têm incidência superior a 8 mil casos por 100 mil habitantes. O número de pessoas, com direito à vacina em Paranaguá, chega a 90 mil.

"Chegando o final do ano, o verão, as pessoas já estarão imunizadas para que possamos proteger os paranaenses de novas epidemias de dengue, como aconteceu em Paranaguá", disse o governador.

As cidades que receberão as doses para a campanha são: Paranaguá, Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Boa Vista da Aparecida, Tapira, Santa Isabel do Ivaí, Cruzeiro do Sul, Santa Fé, Munhoz de Melo, Marialva, Paiçandu, São Jorge do Ivaí, Maringá, Mandaguari, Sarandi, Iguaraçu, Assaí, Ibiporã, Jataizinho, Porecatu, Bela Vista do Paraíso, Cambé, Londrina, Sertanópolis, Leópolis, São Sebastião da Amoreira, Itambaracá, Cambará e Maripá.

Ainda não há previsão de que as vacinas sejam distribuídas para outros municípios do estado.

O lançamento da campanha ocorreu nesta tarde no Porto de Paranaguá, no litoral, e dez pessoas foram vacinadas. Wallace Garcia, morador da cidade, foi quem recebeu a primeira dose da vacina.

"É a primeira vacinação pública de todas as Américas", afirmou Beto Richa. Conforme o governo estadual, foram investidos R$ 50 milhões para a compra de 500 mil doses da vacina, que atenderão a primeira fase da campanha. Beto Richa disse que o prejuízo, neste ano, causado pela dengue foi superior a R$ 330 milhões. "Se formos comparar, nós estamos nos antecipando ao problema. Então, não é um gasto, é um investimento que fazemos na saúde pública para proteger a nossa população", explicou o governador.

Dengue no Paraná

O Paraná tem 55.640 casos confirmados de dengue desde agosto de 2015 e 61 mortes causadas pela doença somente neste ano, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Oitenta e nove cidades estão com epidemia de dengue. O último boletim informativo da doença foi divulgado pela pasta nesta terça.


Paranaguá é o município do estado com mais mortes causadas pela dengue e casos confirmados da doença: 30 e 15.779, respectivamente. Depois, as cidades com mais casos confirmados são: Foz do Iguaçu, no oeste (6.309) e Londrina, na região norte (4.443).


O  evento aconteceu na câmara municipal de Marcolândia. O território abrange 16 municípios como: Acauã, Belém do Piauí, Betânia, Caldeirão Grande, Caridade do Piauí, Curral Novo, Francisco Macedo, Jacobina, Jaicós, Marcolândia, Massapê do Piauí, Padre Marcos, Patos, Paulistana, queimada Nova e Simões. O processo de criação do território iniciou-se em 2003, onde o governo do Estado criou essa forma de organização territorial. A ideia é criar território de desenvolvimento com visão e capacidade de fazer políticas públicas melhores discutidas e melhores trabalhadas e assentadas na realidade de cada município e os mesmo de agruparem no sentido de se ajudar e explorar as potencialidades de cada um. O processo é para ser desenvolvido a médio e longo prazo para o governo ter uma articulação melhor trabalhada para cada município. 


Foi criada uma nova estrutura na SEPLAN tendo em vista a criação deste 12º território, tendo em vista também que o território do vale do Guaribas era muito extenso abrangendo 39 municípios. A criação do vale do Itaim vem no sentido de atender a demanda e ao mesmo tempo da uma oportunidade pro governo poder trabalhar essa estratégia de forma mais organizada. O objetivo do vale do Itaim é juntar todos os esforços com a sociedade civil, sindicatos associações, câmara de vereadores, prefeituras, o setor privado e com o apoio do governo desenvolver todos os municípios citados.

A visão de território ajuda o governo a planejar melhor o desenvolvimento dos municípios. Este processo buscar a melhoria de renda, de emprego, melhor qualidade de vida, melhorias nas políticas públicas para transformar o território em um lugar digno onde as pessoas possam viver bem, educar seus filhos com base nos padrões de dignidade que estabelece a nossa constituição. A equipe da SEPLAN; apresentou toda metodologia e dinâmica de como serão desenvolvidos os trabalhos, e com essa filosofia;de trabalho ouvir e debater com todos para melhorar o desenvolvimento regional.





  A prefeitura de Simões-PI deu cumprimento  no pagamento de R$ 61.353,00 (Sessenta e um mil  trezentos e cinquenta e três reais) que é o aporte municipal de 6% junto ao fundo do garantia safra anos 2015/2016, que beneficiou 1.203 agricultores familiares do município com o valor de  R$ 850,00 (Oitocentos e cinquenta reais) dividido em 06 parcelas de R$ 170,00 (Cento e setenta reais) para cada beneficiado.
   
  Mesmo com a forte crise que não só afeta o país, os municípios tem sido castigados com as constantes quedas de repasse de FPM e outros recursos da união. Ressalta-se o empenho da secretaria municipal de desenvolvimento rural, juntamente com o apoio dos membros que compõem o conselho municipal do desenvolvimento rural sustentável do município.