Eventos

BOCAINA, CARIDADE E OUTROS 17 MUNICÍPIOS PIAUIENSES ESTÃO COMPLETAMENTE SEM COMBUSTÍVEL

Dezenove cidades estão totalmente sem combustível no Piauí, nesta terça-feira (29), segundo a Associação Piauiense de Municípios (APPM). Onde há combustível, segundo o Sindicato dos Postos Revendedores de Combustíveis do Piauí, 5% dos estabelecimentos estão abastecidos e a situação só deve estar totalmente normalizada em uma semana. O abastecimento começou na noite desta segunda-feira (28).

A situação é um reflexo da greve dos caminhoneiros, que protestam há oito dias contra o aumento no valor dos combustíveis. Na segunda-feira (28), manifestantes liberaram o acesso ao Terminal de Petróleo, principal centro de distribuição de combustível do estado, após ordem judicial. Contudo, quatro pontos de rodovias federais continuam reunindo caminhoneiros no Piauí, nesta terça-feira (29) em Floriano, Picos, Teresina e Bom Jesus. Em Uruçuí, a PI-247 também continua bloqueada.
Os municípios 100% sem combustível são: Rio Grande do Piauí, Guaribas, Capitão Gervásio, Santo Antônio dos Milagres, São José do Piauí, Júlio Borges, Bom Jesus, Corrente, Lagoa do São Francisco, Dom Inocêncio, Santa Cruz dos Milagres, Caridade do Piauí, Francinópolis, Lagoa do Piauí, João Costa, Pimenteiras, Oeiras, Bocaina, Palmeirais, Barras, Curimatá, Paes Landim, Esperantina, Novo Santo Antônio e Caraúbas do Piauí.

“Foram tomadas algumas resoluções, incluindo uma nota técnica orientando os gestores das cidades a procurarem combustíveis para assegurar situações emergenciais, como na área da saúde, para as ambulâncias. Essas medidas foram tomadas e ninguém deixou de ser atendido por falta de combustível”, informou o procurador jurídico da APPM, Marcos Patrício.

Segundo o procurador, os gestores de municípios em situação mais favorável foram orientados a colaborar para amenizar o problema. “Foi instruído que eles repassassem combustível para os que estão sem, pelo menos para casos emergenciais. Agora com a reabertura dos procedimentos acreditamos que até a quarta-feira ou quinta-feira tudo seja regularizado”, disse Marcos Patrício.

Na noite dessa segunda-feira (28), os primeiros caminhões-tanques começaram a deixar o Terminal de Petróleo de Teresina para abastecer os postos de combustíveis. A Polícia Militar negociou a saída dos manifestantes do local e a Polícia Rodoviária Federal fez a escolda de alguns caminhões.

“Os manifestantes desbloquearam e o serviço está funcionando. A tendência é que até o fim desta terça-feira (29) ou, no mais tardar, nesta quarta-feira (30), o abastecimento seja normalizado em todo o Piauí”, afirmou a coordenadora do gerenciamento de crise da Polícia Militar do Piauí, coronel Júlia Beatriz.

Apenas 5% abastecidos

Segundo o presidente do Sindicato dos Postos Revendedores de Combustível do Piauí, Alexandre Valença, de apenas 2% abastecidos, os postos no Piauí nesta terça-feira (29) amanheceram 5% com combustíveis. A previsão, segundo ele, é de que até o fim do dia 10% já tenham combustível.

“A saída dos caminhões no terminal de petróleo está acontecendo normal desde ontem [segunda-feira, 28] à noite. O abastecimento está acontecendo em regime de plantão, para ser mais rápido. Acreditamos que se tudo ocorrer sem nenhuma intercorrência, a situação vai estar normalizada em uma semana”, explicou o presidente.

Fonte: G1 Piauí

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.