Eventos

BOLSONARO TEM 1º ENCONTRO COM GOVERNADOR DO NORDESTE APÓS FALA POLÊMICA SOBRE 'PARAÍBA'


Wellington Dias (PT) cumprimentou Bolsonaro no aeroporto de Parnaíba (PI) e depois retornou a Teresina. O presidente inaugura escola na cidade do litoral do Piauí.
População de Parnaíba aguarda a chegada do presidente ao aeroporto Internacional de Parnaíba. — Foto: Andrê Nascimento/G1
O presidente Jair Bolsonaro teve, nesta quarta-feira (14), em Parnaíba, no litoral do Piauí, o primeiro encontro com um governador do Nordeste após a polêmica causada por declaração sobre governadores da região. De acordo com a assessoria de Wellington Dias (PT), o governador recepcionou o presidente no aeroporto da cidade. Bolsonaro participa da programação de aniversário de 175 anos da cidade.
Bolsonaro desembarcou no aeroporto de Parnaíba por volta de 10h, onde encontrou o governador, o prefeito de Parnaíba, Francisco Moraes Sousa, o Mão Santa (PSC); e o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB). Em seguida, embarcou em um helicóptero, junto com o governador e o prefeito de Parnaíba, para sobrevoar a área do Perímetro Irrigado dos Tabuleiros Litorâneos.
Após o voo, Wellington Dias embarcou de volta a Teresina. Bolsonaro voltou para o aeroporto, de onde, do alto da sacada de entrada, cumprimentou a população abraçado ao prefeito de Parnaíba, Mão Santa, que em 2001 teve o mandato de governador cassado por abuso do poder econômico durante a eleição, e voltou à política após o fim do prazo de inelegibilidade.
       Presidente Jair Bolsonaro com prefeito de Parnaíba, Mão Santa. — Foto: Andrê Nascimento/G1
Na solenidade, ele recebeu o troféu Carnaúba, concedido pela Associação Piauiense dos Municípios (APPM), em reconhecimento às ações do presidente pelo Piauí. Ele recebeu ainda o título de cidadania parnaibana, concedido pela Câmara Municipal de Parnaíba.
A fala polêmica do presidente sobre o Nordeste foi gravada durante conversa informal com o ministro Onyx Lorenzoni no dia 19 de julho. Na ocasião, Bolsonaro afirmou que "daqueles governadores de 'paraíba', o pior é o do Maranhão". Governadores reagiram cobrando explicações do presidente e afirmaram ter recebido "com espanto e profunda indignação a declaração".
No dia seguinte, Bolsonaro afirmou que fez uma “crítica” aos governadores do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e da Paraíba, João Azevêdo (PSB), “nada mais além disso”.

Idas ao Nordeste

A viagem do presidente nesta quarta é a primeira ao Piauí e a terceira ao Nordeste desde que ele tomou posse. Depois do episódio polêmico, Bolsonaro fez duas viagens à Bahia, mas não se encontrou com o governador Rui Costa (PT) em nenhuma delas.
A primeira foi à cidade de Vitória da Conquista, no dia 23 de julho, onde declarou "amar o Nordeste". Bolsonaro e Costa trocaram acusações sobre a segurança do evento. O presidente afirmou que o governador não autorizou a presença da Polícia Militar para fazer a segurança em cerimônia. Em resposta, Costa disse que, como o evento é exclusivamente federal, as forças federais devem fazer a segurança.
Em seguida, por volta de 10h30, Bolsonaro fez um sobrevoo sobre o Perímetro Irrigado dos Tabuleiros Litorâneos, que abrange uma área de 5.585 hectares voltada a pequenos produtores, agrônomos, técnicos agrícolas e unidades empresariais. O projeto ainda não foi totalmente concluído, mas a primeira etapa do perímetro capta água no Rio Parnaíba por meio de um canal com 1.300 metros, até a estação de bombeamento. Depois, bombas impulsionam a água para os lotes.
FONTE - PORTAL G1





Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.