Eventos

CEARÁ CONFIRMA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM SOBRAL

Imagem ilustrativa - reprodução internet

Conforme a Secretaria, o paciente com a suspeita da doença esteve na China por 90 dias a trabalho e retornou ao Brasil há 12 dias.
FONTE: SECRETARIA DE SAÚDE DO CEARÁ
A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) confirmou a notificação de um caso suspeito de coronavírus, no município de Sobral. O paciente foi medicado e está internado, em observação e isolamento respiratório. O quadro clínico dele é estável.
Conforme a Secretaria, o paciente com a suspeita da doença esteve na China por 90 dias a trabalho e retornou ao Brasil há 12 dias.
Por causa disso, foi publicada nota técnica para orientar profissionais de saúde sobre o novo coronavírus. É um novo vírus que tem causado doença respiratória, com casos recentemente registrados na China. Não há caso confirmado no estado, nem no Brasil.
A nota técnica orienta os profissionais sobre como notificar casos suspeitos, coleta de amostras, critérios clínicos e epidemiológicos. Além de atendimento de casos suspeitos e medidas de prevenção e controle.
Sobre o vírus
Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos há 60 anos. Causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Geralmente, são doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Alguns coronavírus podem causar doenças graves como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS).
A transmissão do vírus ocorre por contato com a saliva de quem está doente, por meio de espirro, tosse, catarro ou ao tocar um objeto contaminado. Os profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
Cuidados
Os sintomas são febre, tosse e dificuldade para respirar. Para prevenir, atitudes simples no dia a dia são importantes. Lavar as mãos com água e sabão, usar álcool em gel, ficar em casa se estiver doente, cobrir o nariz e a boca com lenço de papel quando tossir ou espirrar, limpar e desinfetar os objetos que são muito usados.
Caso apresente os sintomas dentro de um período de até 14 dias após viagem para alguma cidade na China, deve-se procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.