Eventos

DATAPREV SERÁ FECHADA NO PIAUÍ E SERVIDORES SERÃO DEMITIDOS


A DENÚNCIA É DA DEPUTADA FLORA ISABEL E, PARA A PARLAMENTAR, A DECISÃO DO GOVERNO BOLSONARO SERÁ UM VERDADEIRO CAOS.

FONTE - PORTAL PARLAMENTO PIAUÍ

O fechamento irá colocar trinta servidores no olho da rua
A deputada estadual Flora Izabel denunciou que a Dataprev no Piauí, que é a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência, vai ser fechada pelo governo Bolsonaro e que 30 empregados terão de pedir Desligamento Voluntário ou serão demitidos.

Segundo a deputada, a decisão vai transformar em verdadeiro caos a vida das pessoas que estão com seus processos de aposentadorias pendentes na Previdência Social.

A Dataprev processa o pagamento de 35 milhões das aposentadorias do país. Faz a liberação on-line do seguro desemprego. Processo dados das Agências da Previdência Social, dos postos do SINE e as informações previdenciárias da Receita Federal.

"No momento em que o INSS passa a ter sério problema com o atraso na concessão dos benefícios previdenciários, o anúncio de fechamento da Dataprev em 20 estados é um absurdo. A empresa processa todas as informações sobre as aposentadorias no Brasil, o que mostra sua importância para o país. As filas no INSS que já estão imensas em todo o país, vão piorar e haverá um verdadeiro caos", afirmou a deputada.

Segundo Flora, o Governo Bolsonaro anunciou também o desligamento compulsório de 493 dos seus 3.360 empregados. Ela explicou que os servidores, que têm toda uma vida dedicada ao órgão, estão muito preocupados, já que são todos pais e mães de família.

“Além disso, eles afirmam que a empresa já tinha um quadro reduzido para realizar suas funções, e que o objetivo do governo, na verdade, é desmontar a Dataprev para poder privatizar”, acrescentou Flora.

Serão fechadas as unidades de Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Sergipe, Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Tocantins.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.