Eventos

PROGRESSISTAS VAI INDICAR O CANDIDATO A VICE-PREFEITO NA CHAPA DE SÍLVIO MENDES


A afirmação foi do próprio Firmino Filho, ontem (23), na posse de Zé Filho na Fiepi.


FOTO: PMT
FONTE: PAULO PINCEL

Firmino Filho e Ciro Nogueira juntos no mesmo palanque Foto: Reprodução
Caberá ao Progressistas a indicação do candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes, que está de mala e cuia para retornar ao PSDB agora em fevereiro. Nomes o Progressistas tem de sobra, como o da primeira-dama, Lucy Silveira.
O afirmaçãodeque o PP vai indicar o candidato a vice partiu do próprio prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), depois de abraçar o presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí, ex-governador Antonio José de Moraes Souza Filho, na noite de quinta-feira (23), na sede da Fiepi, na capital.


Presidente da Fiepi, Zé Filho, com o prefeito Firmino Filho
Foto: PMT

“É natural que o nosso candidato a vice-prefeito seja uma indicação do Progressistas. Caso eventualmente os progressistas não indiquem, que outra indicação porventura existente tenha a essência do Progressistas”, defendeu o tucano.

Ciro Nogueira já havia dito que melhor do que indicar o vice seria ganhar a eleição. E defendeu que a aliança na capital escolha os melhores candidatos a prefeito e vice, independente do partido. “É lógico que nós vamos ficar muito felizes se tiver um nome dentro do nosso partido, nós temos grandes quadros que devem representar o nosso partido”, avaliou o senador à época.
Ontem, Ciro Nogueira avisou que será candidato a governador, com ou sem o apoio do PT de Wellington Dias. “Tem duas eleições em que apoiamos o PT, então porque não pleitear o apoio deles? Mas, se não tiver esse apoio, paciência, vamos nos enfrentar. Gostaria da reciprocidade, mas não vou exigir isso”, adiantou Ciro Nogueira.
Firmino Filho, Wellington Dias e Ciro Nogueira estiveram na posse da nova diretoria da Fiepi.

Com informações do portal PARLAMENTO PIAUÍ

 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.