Eventos

DOM JACINTO ANUNCIA RETORNO GRADUAL DAS ATIVIDADES DA IGREJA E PEDE REFLEXÃO.


 
Valmir Macêdo
valmirmacedo@cidadeverde.com


Com o isolamento social, a Igreja Católica tem usado das redes sociais para a celebração de missas, palestras, momentos de reflexão e terços. Com a chegada do dia de Corpus Christi - data que celebra o mistério da eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo -, a igreja estuda que um número reduzido de pessoas possa participar presencialmente das celebrações, respeitando o distanciamento. 
“Para um pequeno número de pessoas. Conforme o tamanho da igreja 5-10-15-20-30 pessoas presenciais e depois da missa, se for o caso, outros que não puderam participar presencialmente, mas tendo participado, através das redes sociais, poderem participar da comunhão. Nós não faremos procissão, nem carreatas com o santíssimo sacramento nas ruas, evitando justamente a aglomeração de pessoas”, explicou o arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito, nesta sexta-feira (5)

 

A exceção de participação presencial vai se dar pela data litúrgica, durante a pandemia as missas são transmitidas pela internet. Cada paróquia transmite por suas contas nas redes sociais. A arquidiocese transmite todos os dias sua celebração gravada na Residência Episcopal em Teresina e disponibilizada em canal do Youtube.
“A fé, embora seja essencialmente comunitária, mas nós não estamos desconectados dos outros quando em família oramos, ou quando individualmente com a comunidade estamos seguindo as celebrações da missa, outros momentos de oração ou instrução religiosa”. 
Para Dom Jacinto, o momento de pandemia também traz uma reflexão sobre o ser humano. 
“As pessoas vão descobrindo que esta pandemia traz uma mensagem, traz uma mensagem primeiramente de que a gente não é tão onipotente quanto pensa. O ser humano, de fato, é uma criatura e portanto limitada. È ocasião de estar mais com a família, é ocasião de estar mais com a leitura, se dedicar mais à oração, à reflexão”, disse.
O arcebispo destaca o trabalho voluntário da igreja voltados para moradores de rua e abrigos de idosos, que continuam durante a pandemia.

"Não percam a esperança", diz arcebispo             

Na entrevista ao Jornal do Piauí, Dom Jacinto também deixou sua mensagem para os fiéis.
Não percam a esperança, não desanimem na sua confiança. A humanidade já viveu coisas piores. A igreja já passou por situações mais difíceis que esta, quem está no comando da barca não é um homem, é o próprio Deus. Confiemos que nas mãos misericordiosas dele nós venceremos. 

 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.