Eventos

CAMPANHA ELEITORA PODE SER CAUSA DO AUMENTO0 DE MORTES POR CORONAVÍRUS.

 

PPN-IMG-01bec4e710bf29039a45.jpg

Grandes aglomerações e falta de uso de máscaras na campanha eleitoral para as Prefeituras e Câmaras Municipais  podem ter contribuído para o Piauí ser é o único estado do Brasil que registrou alta na média móvel de mortes por Covid-19, de acordo com o Consórcio de Imprensa, que colhe dados com as Secretarias Estaduais de Saúde. 

Eventos políticos têm gerado aglomeração em todo Piauí

A média móvel de mortes nacional foi de 590, representando uma redução de 14%, do que o registrado há 14 dias. Enquanto isso, no Piauí, houve alta de 32%. Em todo o Piauí comícios que têm a dimensão de shows da bandas de forró; motocassos; caminhadas; visitas nas casas das famílias em busca de votos pelos candidatos a prefeito e a vereador nas eleições municipais deste ano e seus cabos eleitorais podem  ter sido a causa do aumento dos casos e mortes por Covid-19 no Piauí.

O prefeito do município de Cristino Castro (595 km de Teresina), Manoel Júnior (PSB), assinou decreto  suspendendo, por 20 dias, atos políticos  como passeata, carreatas, comícios e  reuniões que causem aglomerações depois que dois candidatos à Prefeitura Municipal, ele e sua adversária, Joquebede dos Santos Nunes, Professora Joquebede (PTB), foram testados positivo para Covid-19.

O candidato a prefeito Felipe Ferreira Dias (PT) foi o único que não foi infectado pela Covid-19.

Pelo decreto de Manoel Júnior, estão permitidos em Canto do Buriti o funcionamento de comitês e visitas a residências de eleitores, desde que sejam cumpridas medidas sanitárias como distanciamento social e uso de máscaras.  A multa para quem descumprir o decreto é de 100 mil UFIR por evento. A campanha eleitoral no município foi suspensa. As coligações entraram em acordo.

Secretário faz alerta para aumento em mortes por Covid

O estado do Piauí apresentou um crescimento no número de óbitos pela Covid-19, no último final de semana e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) faz um alerta à população para que esses números voltem ao patamar de queda. 

No último domingo (11) o boletim do Centro de informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Piauí (CIEVS-PI)  apresentou 14 mortes pela Covid-19 e 232 novos casos da infecção. 

“Essa queda de casos nos finais de semana sempre ocorreu, pois o número de exames realizados é sempre menor, e quando se compara com as mortes nós vamos ter mesmo um sinal de alerta vermelho, mas não podemos fazer a avaliação de um único dia, ela deve ser mais cautelosa e comparar uma série histórica para ser fazer uma avaliação mais criteriosa. Porém devemos manter a vigilância constante”, enfatiza o superintende de Atenção Primária à Saúde e Municípios, Herlon Guimarães.

Há sete semanas o estado vinha registrando uma baixa nas mortes por decorrência do coronavírus, mas os números voltaram a crescer na 41ª semana epidemiológica. Por outro lado, o número de internações, em decorrência da Covid-19, vem apresentaram uma queda.

“No domingo (11), tivemos 181 leitos de UTI ocupados, é o menor número dos últimos doze dias, e isso é muito importante, pois mesmo com o crescimento de casos e óbitos as internações estão diminuindo”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto. 

A Sesapi desde o início da pandemia vem alertando aos piauienses sobre os cuidados a serem mantidos no combate ao vírus e o secretário reforça esse apelo para que se evite a propagação do coronavírus.

“Lembramos à população que infelizmente a pandemia não acabou e que não devemos baixar a guarda para cuidados básicos como lavar sempre as mãos, usar a máscara ao sair de casa e todo o protocolo que as autoridades de saúde recomendam. A Sesapi está atenta e vigilante 24 horas, para que toda nossa população possa progredir nas medidas graduais de retomada”, afirma Florentino Neto.

Piauí chega a  102.813 casos e 2.237  óbitos

Nas últimas 24 horas foram registrados, no Piauí, 313 casos confirmados e sete óbitos pelo novo coronavírus, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite de segunda-feira (12). Dos 313 casos confirmados da doença, 170 são mulheres e 143 homens, com idades que variam de um mês a 90 anos. 

Três homens e quatro mulheres não resistiram às complicações da Covid-19. Os homens eram naturais de Barras (46 anos), Jardim do Mulato (64 anos) e José de Freitas (65 anos). Já as mulheres eram de Cristino Castro (72 anos), Palmeirais (75 anos) e Teresina (56 e 81 anos). Todas as vítimas tinham doenças relacionadas.

Os casos confirmados no estado somam 102.813, em todos os municípios. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 2.237 e foram registrados em 174 municípios. Até agora, morreram 1.289 homens e 948 mulheres. Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 474 ocupados, sendo 285  leitos clínicos, 186 UTIs e 3 leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 5.059 até o dia 12 de outubro.

A Sesapi estima que 100.102 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

meionorte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.