Eventos

CANDIDATOS TESTAM POSITIVO E CAMPANHA ELEITORAL É SUSPENSA.

 Candidatos testam positivo para covid e campanha é suspensa em Cristino Castro-PI

Foto: Reprodução/TRE

Dois dos três candidatos que disputam a Prefeitura de Cristino Castro, a 595 km ao Sul de Teresina, testaram positivo para a covid-19 e a campanha eleitoral no município foi suspensa.

 As coligações entraram em acordo e decidiram dar uma pausa nos eventos por 20 dias por conta do aumento de casos do novo coronavírus. Um decreto da prefeitura oficializou a suspensão da campanha. O atual prefeito, Manoel Junior (PSB), foi diagnosticado com a doença há pouco mais de uma semana. Ele está internado no Hospital da Unimed na capital.

Joquebede dos Santos Nunes, mais conhecida como Professora Joquebede (PTB), adversária do atual gestor, também testou positivo para a covid-19 e chegou a ser internada em Teresina. O candidato Felipe Ferreira Dias (PT) foi o único que não pegou a doença. 

“O estado de saúde dela é estável. Ela permanece com febre e dor de cabeça e está sem olfato e paladar. Os sintomas já duram 5 dias, mas ela está bem. Esteve internada no São Marcos para tomar medicação e oxigênio, mas no momento se encontra em casa aí em Teresina sendo orientada pelos médicos.”, disse o irmão da candidata ao Cidadeverde.com, Zacarias Dias.

O quadro de saúde do prefeito inspira mais cuidados. Segundo o seu irmão, Danilo Vaz de Sousa, que é secretário de saúde do município, Manoel Junior está internado com sintomas como tosse, falta de ar e febre.

“Hoje ele está bem melhor. Ontem teve uma piora. Aumentou a tosse, deu febre, teve falta de ar, mas hoje de manhã já falei com a esposa dele e já consegue respirar sem oxigênio e está sem febre”, disse o secretário.

Outro irmão do prefeito também está com covid, além de toda a família de uma vereadora e um dos coordenadores de campanha do candidato Felipe Ferreira Dias (PT). Diante do aumento de casos, o secretário disse que convocou uma reunião com as coligações para que providencias fossem tomadas.


Vídeos mostram eventos com aglomeração

“Eu como secretário de saúde convoquei uma reunião com a coordenação dos 3 grupos políticos para a gente discutir essa questão, pois os casos de covid aumentaram drasticamente, inclusive no meio político. O decreto começou a valer ontem e paramos tudo pelos próximos 20 dias. Ao final do prazo vamos fazer uma nova reunião e avaliar o quadro para retomar ou não as atividades”, disse o secretário.

O que diz o decreto

A prefeitura baixou um decreto suspendendo eventos como passeatas, carreatas, comícios e demais reuniões que causem aglomerações. Estão permitidos apenas o funcionamento de comitês e visitas a residências de eleitores, desde que sejam cumpridas medidas sanitárias como distanciamento social e uso de máscaras. A multa para quem descumprir o decreto é de 100 mil UFIR por evento.

Foto: Cidadeverde.com

Para Zacarias Dias, a decisão foi acertada, já que a campanha política na cidade era considerada intensa.

“As atividades aqui só retornam a partir do dia 30 deste mês. A gente entendeu, já que a política em cidade do interior é movimentada, que deveria pausar. Na nossa convenção mesmo que era pra 100 pessoas, teve 1.500. O povo é muito apaixonado por política em cidade pequena. No momento era melhor dar uma parada. A disputa aqui é muito forte e depois do dia 1º fica difícil controlar. Todos os três grupos fazendo carreatas, passeatas, reuniões contribuiu para o aumento da covid. Por conta disso, a gente preferiu segurar. Foi assinado um TAC com o Ministério Público e o prefeito baixou um decreto”, declarou.

Cristino Castro registrou até a sexta-feira, 119 casos de covid-19, com duas mortes.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.