Eventos

CANTO DO BURITI É A CIDADE DO PIAUÍ COM MAIS REGISTROS DE QUEIMADAS NOS ÚLTIMOS TRÊS DIAS, DIZ SEMAR.

 

Bombeiros estão em Pedro II para controlar as chamas.


A Secretaria de Meio ambiente e Recursos Hídricos (Semar) divulgou o ranking das cidades que apresentaram o maior número de ocorrências de queimadas nos últimos três dias. Em primeiro lugar está Canto do Buriti, município em que os focos de incêndio chegaram a destruir 80% dos cinco mil hectares de uma reserva legal.

Outras quatro cidades com mais focos de queimadas foram Pimenteiras, Pajeú do Piauí, Brejo do Piauí e Antônio Almeida. Desse modo, a incidência de focos de calor no estado é ascendente. No mês de junho foram 148, em julho 511, em agosto 919 e em setembro se somaram 2.772 focos.

O objetivo do ranking é, conforme a Semar, apresentar informações sobre as incidências de focos de calor em municípios do estado, levando-se em consideração o monitoramento dos focos disponibilizados por satélites de referência do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e informações sobre o risco de fogo baseado em períodos de até três dias.

Campanha eleitoral

A secretária Sádia Castro alertou que um fator agravante para o aumento do número de queimadas é por conta das eleições municipais que acontecem neste ano. Segundo ela, por este motivo, existe a utilização exagerada de fogos de artifício.

“Em muitas cidades, o número de incêndios aumenta devido a utilização de fogos de artifício. Neste período de baixa umidade e temperatura alta, as faíscas caem na vegetação seca e um foco de incêndio surge”, comentou.

Cidades atingidas pelo fogo

Incêndios de grandes proporções atingiram áreas de vegetação em pelo menos sete cidades do Piauí na última semana. Em Canto do Buriti, Os produtores rurais informaram que foram perdidas pastagens, plantações de caju e criações de abelhas. Além disso, o fogo chegou a atingir uma rede de transmissão de energia.

Já em Picos, um incêndio aconteceu nas proximidades do campus da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Os servidores da instituição ligaram as mangueiras e um hidrante para coibir o avanço das chamas até a chegada do Corpo de Bombeiros.
 

G1 PI

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.