Eventos

PREFEITOS E BANCADA FEDERAL DISCUTEM REFORMA DA PREVIDÊNCIA E COINCIDÊNCIA DE MANDATOS


A Associação Piauiense de Municípios promoveu, na manhã desta segunda-feira (27), mais uma reunião com a Bancada Federal do Piauí. O encontro aconteceu na sede da entidade municipalista, e contou com a presença maciça de prefeitos, vereadores e políticos de diversas agremiações.
O presidente da casa, Jonas Moura, fez a abertura do encontro, que tinha como principal objetivo ouvir os parlamentares sobre a PEC 6/2019 e a PEC 56/2019, que tratam sobre a Reforma da Previdência e a Unificação das Eleições, respectivamente. Em sua fala, defendeu a unificação das eleições, onde prefeitos e vereadores teriam mais dois anos de mandato, o que geraria uma economia de R$ 16 milhões em quatro anos.
 “Nós estamos colocando essa pauta para o Congresso discutir. Se eles acharem que é importante a unificação ainda nesse mandato, nós eleitos com certeza vamos honrar. O importante é que a gente possa ter uma coincidência, uma eleição geral, onde os gestores economizem tempo, dinheiro, e se consiga melhorar a vida das pessoas efetivamente. No formato que temos hoje, com eleições de dois em dois anos, todos os entes saem prejudicados. Nós prefeitos somos obrigados a parar, ficamos sem poder realizar convênios, fazer licitações e até de receber uma emenda parlamentar. O que nós defendemos é a coincidência de mandatos, por entendermos que é a melhor opção para o país. Esse fato traria uma economia de R$ 16 milhões e não acarretaria prejuízos aos municípios”, destaca o líder municipalista.

PORTAL APPM

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.