Eventos

COMUNIDADES DE TERREIRO TERÃO CANDIDATOS A VEREADOR NO PIAUÍ


Movimento Todos Unidos Pela Fé pretende lançar 20 pré-candidatos em diferentes municípios piauienses.
Pai Rondinele de Oxum é um dos pré-candidatos do movimento Todos Unidos Pela Fé - Foto: Reprodução/Facebook
Líderes das comunidades de terreiro no Piauí, grupos que cultuam religiões de matriz africana no Brasil, estão se organizando para apresentar candidatos nas eleições municipais em 2020. ‘Todos Unidos Pela Fé’ é o nome do movimento que tem a frente o pai de santo Rondinele de Oxum, de Teresina.
Entre as bandeiras defendidas pelo grupo estão o combate à intolerância religiosa, valorização da cultura dos terreiros e o acesso a políticas públicas para as comunidades de matriz africana. “A ideia de lançarmos pré-candidaturas nos municípios é exatamente para fortalecer as pautas e os projetos dos povos de terreiros, para que a gente possa avançar, pois o Piauí é o quarto estado que mais violenta a comunidade de terreiro, então precisamos pensar mecanismos, projetos e ações que possam de fato coibir essas violências”, explica o sacerdote.
O movimento que surgiu em 2016, conta até o momento com seis pré-candidatos a vereador. Em Teresina Pai Rondinele vai disputar uma cadeira na Câmara Municipal pelo PT; em Pedro II, Mãe Karilene também disputará o pleito pelo Partido dos Trabalhadores; em Piripiri, pai Luciano é filiado ao PSDB; em Floriano, pai Cordeiro pelo PT; pai Jeferson vai representar a comunidade de Campo Maior na disputa pelo Cidadania e em Alto Longá, o pai Luciano de Oxalá vai concorrer pelo mesmo partido.
De acordo com Rondinele, o movimento Todos Unidos Pela Fé pretende lançar 20 candidatos, dos quais 14 ainda estão sem partido.
FONTE – PORTAL PIAUÍ HOJE




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.