Eventos

APÓS SER TRAÍDA, JOVEM ENVIA MIL QUILOS DE CEBOLA PARA QUE O EX-NAMORADO CHORE MUITO


Após descobrir uma traição, uma chinesa resolveu se vingar de uma forma inusitada.
Na China, uma mulher enviou cerca de mil quilos de cebola para a casa de seu ex-namorado traidor, para que ele pudesse chorar tanto quanto ela pelo que havia feito, conforme relatou a mídia chinesa. O caso aconteceu recentemente na província de Shandong. Vale lembrar que algumas medidas de prevenção à propagação da covid-19 continuam em vigor no território chinês. Informações do Mega Curioso.
Conhecida como Miss Zhao, a jovem descobriu que o rapaz com quem se relacionava estava trocando mensagens com outras garotas e já havia cometido uma traição em outra ocasião. Com a descoberta, ela terminou seu namoro com o rapaz e aparentemente chorou durante três dias seguidos. Contudo, sua raiva foi aumentando com o passar dos dias e, ao saber que seu ex não se sentira afetado com a situação, resolveu agir.
Para se vingar dele, Zhao teve uma ideia bizarra, mas um tanto quanto original. Ela encomendou a grandiosa quantidade de cebola por um mercado virtual e endereçou ao seu ex-namorado. O entregador ainda deveria anexar a seguinte mensagem junto dos sacos de cebola: “Você me fez chorar por três dias, agora é a sua vez.”
A vingança vem de caminhão
Segundo sites locais que relataram a notícia, infelizmente o entregador foi a parte mais ferida da história, já que teve de descarregar sozinho todos os sacos de cebola que foram encomendados na porta da casa do ex-namorado de Zhao. Entretanto, de acordo com alguns vizinhos, o rapaz só chegou à residência horas depois da entrega da mercadoria. Ele encontrou todas as cebolas empilhadas em sua fachada.
Ao saber da motivação da entrega, um dos vizinhos teria relatado que se sentiu sufocado com o cheiro de cebola que impregnou a região e que não saberia dizer ao certo se o ex-namorado de Zhao teria chorado ou não com a surpresa enviada por ela.
Embora toda essa situação bizarra pareça estar muito distante da nossa realidade — afinal de contas, quem é que faria uma coisa dessas? — tudo foi filmado, conforme pode ser conferido no vídeo abaixo:


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.