Eventos

PACIENTE COM COVID-19 SE RECUSA A FICAR NO HOSPITAL DE PICOS POR NÃO ACREDITAR NO DIAGNÓSTICO


A primeira paciente com Covid-19 de São Luís do Piauí, a 320 km de Teresina, optou por não permanecer no hospital por não acreditar no diagnóstico. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde do município, a mulher não quis receber acompanhamento médico e precisou assinar um termo de responsabilidade. Caso desobedeça, ela pode responder criminalmente.
A secretaria informou que a paciente de 56 anos assinou um termo de alta a pedido, ou seja, sem a recomendação médica do Hospital Regional Justino Luz, em Picos, referência no tratamento de pacientes com Covid-19 no Sul do Piauí. Ao chegar no município onde mora, em São Luís do Piauí, ela também assinou um termo de responsabilidade para ficar em isolamento total.
A enfermeira Flayda Apolinário acompanha o caso de perto e explicou os motivos da paciente não querer permanecer sob observação no hospital.
“Tanto a paciente quanto a família não acreditam no diagnóstico e estão questionando, dizendo que ela não está com coronavírus. Quando a dona de casa soube que precisaria ficar isolada, sozinha, se recusou a ficar e os familiares reforçaram dizendo que ela não permaneceria no hospital”, disse a enfermeira.
De acordo com o prefeito de São Luís do Piauí, Renato Pio, o Hospital Regional Justino Luz entrou em contato com a prefeitura para informar que a paciente estava retornando à cidade e apresentou todos os protocolos a serem seguidos para a realização do tratamento.
“Ela está em casa, em isolamento total e sob os cuidados do marido. Uma enfermeira vai diariamente acompanhar a evolução e aplicar os medicamentos prescritos pelo hospital”, informou o prefeito.
Segundo a enfermeira Flayda Apolinário, o estado de saúde da paciente é estável e profissionais de saúde vão diariamente acompanhar o quadro clínico na residência dela.
“Fomos visitar todos os contatos próximos, fazendo o acompanhamento, alertando sobre o isolamento e a observação de sintomas por sete dias”, explicou.
O prefeito Renato Pio afirmou ainda que a administração do município tem seguido as recomendações e monitorado de perto as entradas e saídas da cidade para evitar aglomerações e contaminação pela Covid-19.
“Estamos tomando todo o cuidado possível, fechando as ruas onde aglomeram mais gente e seguindo as orientações sanitárias. Estamos com a barreira armada e não entra e nem sai ninguém sem que seja notificado”, informou.
Fonte: G1-PI


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.