Eventos

SARGENTO DA PM DO PIAUÍ MORRE VÍTIMA DA COVID-19 EM PARNAÍBA-PI

Esse foi o segundo óbito de um membro da PM pela doença. De acordo com o Comando Geral da corporação, um relatório apontou que mais de 40 policiais já contraíram o coronavírus.

Por Lucas Marreiros, G1 PI — Teresina

Sargento morreu no Hospital Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba — Foto: Patrícia Andrade/G1

O 1º Sargento da Polícia Militar do Piauí (PM-PI) José Maria de Sousa, 54 anos, morreu vítima da Covid-19 no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba. A morte dele, que aconteceu na quinta-feira (28), foi confirmada entre os óbitos pela doença provocada pelo coronavírus no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) na noite dessa sexta-feira (29).
O policial foi uma das 11 pessoas que morreram devido à infecção em 24 horas. O sargento foi também o segundo policial militar a morrer de Covid-19 no Piauí, os dois casos em uma semana.
José Maria de Sousa estava na PM-PI há mais de 30 anos, desde 1987, e, atualmente, era lotado no 2º Batalhão, em Parnaíba. A corporação divulgou nota de pesar dizendo prestar sentimentos aos familiares e amigos do sargento, se solidarizando pela perda do policial.

Mais de 40 policias com Covid-19 


Policiais militares do Piauí serão testados — Foto: CCOM

Um relatório da Polícia Militar apontou que 45 policiais estão infectados pelo novo coronavírus no Piauí, número que triplicou em 10 dias. O Comando Geral convocou todo efetivo ativo da corporação, que totaliza 5.700 PMs, a participarem de testagem em massa para diagnóstico de coronavírus.
Em Teresina, o Hospital da PM, o HPM, ficará responsável pelo suporte técnico operacional para a testagem dos colaboradores das unidades policiais militares.
A corporação orienta os policiais com sintomas ou suspeita de Covid-19 a procurarem, imediatamente, o serviço de triagem do HPM, que possui profissionais de saúde para atendimentos e testes 24h por dia em pessoas sintomáticas.
Leia a nota de pesar da PM na íntegra:
É com grande pesar que a Polícia Militar do Piauí comunica o falecimento do 1º Sargento José Maria de Sousa, de 54 anos, ocorrido na tarde de quinta-feira, 28 de maio, em Parnaíba. De acordo com o atestado de óbito emitido pelo médico do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, as causas da morte foram parada cardiorrespiratória, insuficiência cardiorrespiratória, choque cardiogênico, síndrome coronária aguda. O policial passou por teste Swab e teve resultado positivo para COVID-19.
O Sargento J. Sousa estava na Corporação desde 1987 e era lotado no 2º Batalhão da Polícia Militar.
O Comando Geral da PMPI juntamente com toda a família policial militar presta os sentimentos aos familiares e amigos e se solidarizam pela perda do companheiro, rogando a Deus que o tenha em um bom lugar e venha em conforto dos corações.

Decretos determinam distanciamento social

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas. Aulas em escolas e universidades, a maioria das atividades comerciais, esportivas e de serviços em geral estão suspensas por tempo indeterminado.


Serviços essenciais como farmácias, postos de combustíveis e supermercados continuam mantidos mas estão regulamentados. O atendimento em clínicas, hospitais e laboratórios, assim como o funcionamento de escritórios de advocacia e contábeis também foram liberados mediante cumprimento de regras.

Prevenção, contágio e sintomas

 Lavar bem as mãos é a maneira mais eficaz de evitar o contágio — Foto: Getty Images via BBC
Lavar as mãos de forma correta (veja vídeo), uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença.
É importante também ficar atento quanto aos principais sintomas (tosse seca, congestão nasal, dores no corpo, diarreia, inflamação na garganta e, nos casos mais graves, febre acima de 37° C e dificuldade para 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.