Eventos

MORRA QUEM MORRER', DIZ PREFEITO DE CIDADE NA BAHIA SOBRE REABRIR COMÉRCIO


Vídeo youtube - poder 360
Fonte - Correio Brasiliense
No vídeo que circula nas redes sociais, o gestor afirma que autorizará que estabelecimentos comerciais reabram as portas daqui a uma semana, em 9 de julho

“No dia 8, mandei fazer o decreto, que no dia 9 abre, morra quem morrer”. Essa fala do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, causou polêmica nas redes sociais nesta quinta-feira (2/7). No vídeo que circula nas redes sociais, o gestor afirma que autorizará que estabelecimentos comerciais reabram as portas daqui a uma semana, em 9 de julho.

“Primeiro, lutar pela vida, a vida é uma só. [Depois que] morrer, acabou [a vida]. Não tem fortuna, não tem pobreza, não tem falência, não tem nada. Mas não posso abrir uma coisa que não tenho cobertura. Com a dúvida, com os nossos morrendo por causa de um leito em Itabuna, vou transferir essa abertura. No dia 8, mandei fazer o decreto, que no dia 9 abre, morra quem morrer”, afirma Gomes no vídeo.

Prefeito de Itabuna, na Bahia, disse nas suas redes sociais, que autoriza a abertura dos estabelecimentos comerciais a partir da quinta-feira (9) que vem, "morra quem morrer". pic.twitter.com/QvyALsPSO7
— Marcelo Fin (@FinMarcelo) July 2, 2020

Em nota ao portal G1, a prefeitura de Itabuna alega que o prefeito foi mal interpretado. “De acordo com a fala do prefeito ele estava contrariado com a situação, porque entende a necessidade da reabertura do comércio, visto que aproximadamente 40 lojas não voltarão a abrir em Itabuna, e vários pais de família estão desempregados”, diz trecho do texto.

Ainda segundo a prefeitura, o prefeito recuou na decisão de reabrir as atividades antes, desde o dia 1º . “Voltou atrás na decisão da reabertura pois recebeu um relatório da Procuradoria Jurídica do Município informando sobre a ocupação de 100 % dos leitos de UTI. De acordo com o prefeito, 'Seria irresponsabilidade reabrir o comércio com 100% de ocupação dos leitos da UTI'”, afirma.

Itabuna tem 2.637 casos confirmados da covid-19, sendo 58 mortes em decorrência da doença, de acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde da Bahia. 



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.