Eventos

SECRETARIA DE SAÚDE VAI INAUGURAR CENTRO PARA PESSOAS COM SEQUELAS DA COVID-19


Foto: Divulgação

O Governo do Estado do Piauí, através da Secretaria de Estado da Saúde e da Secretaria Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência entrega, nesta segunda-feira(19), para a população dos Territórios de Desenvolvimento da Planície Litorânea e dos Cocais, o Centro de Reabilitação para pessoas com sequelas da covid-19.

A unidade vai funcionar na sede do recém-construído Centro Especializado em Reabilitação – CER IV, de Parnaíba, que faz parte da Rede de Cuidados à Pessoas com Deficiência do Piauí. “Nesse primeiro momento vamos realizar o atendimento aos sequelados pela COVID 19. Em seguida passará a oferecer os serviços para outras especialidades. É muito importante a instalação desse serviço em Parnaíba, para que a população, dessa região, possa contar com um tratamento de qualidade mais próximo de casa”, enfatiza o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

O Centro foi instalado seguindo as determinações do Ministério da Saúde, que orientam que os Serviços de Reabilitação deverão oferecer retaguarda para o atendimento aos usuários pós-internações originadas pela COVID 19, que gerem déficit de funcionalidade.

“Levamos em consideração alto índice de pessoas contaminadas com o coronavírus nos Territórios de Desenvolvimento Planície Litorânea e dos Cocais, que precisam desse atendimento, para se reabilitar das sequelas da doença, que é muito danosa as vítimas. Esse Centro é mais uma conquista que o Governo do Estado está levando a população piauiense”, destaca o secretário de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo.

O Centro de Reabilitação para as pessoas com sequelas da COVID 19 visa prestar uma assistência com qualidade, enfatizando entre outras ações, a reabilitação clínica funcional, contribuindo decisivamente para a melhoria de qualidade de vida e integração social dessas pessoas.

“Serão oferecidos serviços de reabilitação visual, auditiva, física e intelectual. O centro conta com uma equipe multiprofissional e tem capacidade de atendimento para 900 usuários por mês”, lembra o secretário Florentino Neto.

A unidade vai atender a população de 33 municípios dos Territórios de Desenvolvimento Planície Litorânea e Cocais. “Para receber o atendimento o paciente deve ser regulado pelas equipes da Atenção Básica de cada município, em seguida passará por uma avaliação no centro, que vai decidir qual o tratamento mais adequado para o tipo de sequela”, explica o superintendente de Atenção à Saúde e Municípios da Sesapi, Herlon Guimarães.

*Com informações do G1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.