Eventos

ELEIÇÃO DA MESA DIRETORA DA CÂMARA DE MASSAPÊ DO PIAUÍ VIRA CASO DE POLÍCIA, VEJA.

A eleição para a mesa diretora da Câmara Municipal de Massapê do Piauí, para o biênio de 2019/2020 que aconteceu neste sábado, 15, foi marcada por tumulto e desentendimento entre os vereadores e pela população que marcava presença na sessão solene na casa do povo da pacata cidade de Massapê do Piauí. Atualmente a câmara é presidida pelo vereador Rafael da Silva Veloso (PP) que não concorria à reeleição e acabou sendo reeleito após tumulto.
A câmara municipal é composta pelos seguintes vereadores, Antônio Augusto da Costa Xavier, PP, Rivaldo de Carvalho Costa, PP, Mariane Farias da Silva, PP, Davi Felipe Alves, PP, Rafael da Silva Veloso, PP, Raimundo Nonato de Carvalho, PT, José Duruteu de Barros Filho, PT, José Juvaldi Feitosa, PSB, e José Marilson da Silva, PSB, destes apenas o último faz oposição na câmara.
Algo estranho já se esperava, é que nas últimas sessões realizadas na câmara sempre se via a presença da Polícia nas proximidades da casa, e ontem de fato precisou da força policial para conter os ânimos acirrados na casa do povo.
Conforme a Lei Orgânica do município ontem dia 15, seria realizada a eleição da mesa diretora para o próximo biênio, antes houve uma sessão ordinária de encerramento dos trabalhos do ano de 2018. Após a sessão foi determinado que em 15 minutos começava a próxima sessão para eleição da mesa.
A disputa pela direção da câmara sempre é bastante disputado no município de Massapê do Piauí, nos últimos meses tem sido constante a articulação dos vereadores, no entanto o atual presidente disputava a reeleição, mais havia sido rompido sua chapa por um dos vereador que passou a concorrer com o atual presidente e a disputa passou ser muita acirrada. A informação é que três vereadores do mesmo partido disputava a direção da casa.
MAIS NOVIDADES:
Minutos antes de iniciar a sessão para eleição da mesa, os vereadores se desconfiava que havia uma outra chapa articulada nos bastidores na qual seria a vencedora de forma surpresa, dessa forma já seria a terceira chapa para composição da mesa diretora.

Ao saber da chapa surpresa, antes de iniciar a votação, o atual presidente da casa foi levado ao gabinete por alguns vereadores para se acertarem qual chapa seria votada, nesse momento começou os ânimos acirrarem e começou a baderna.
No gabinete do presidente começou a mobilização e a população começou a se manifestar e se aproximaram do gabinete sobre vaias a acalorados foi solicitado a presença da polícia, mais a mobilização demorou e os cada vez mais os ânimos se acirravam, e foi trancado a porta do gabinete quando ainda chegaram a forçar a porta do gabinete do presidente, devido ao grande número de pessoas foi solicitado da presença do reforço policial da força tática da vizinha cidade de Jaicós, com presença do reforço policial, foi possível a realização da sessão sob escolta da força policial. A movimentação foi intensa e muitos pessoas que marcava presença na sessão achavam estranho o desentendimento que causou o tumulto na sessão.Após tumulto, vaias gritos e muitos ânimos acirrados, sob uso da força policial foi realizado a votação para composição da mesa para biênio 2019/2020, Ao final da votação, após a apuração dos votos, dos 09 vereadores presentes em plenário, sete votaram a favor da chapa apresentada, um votou em branco e um vereador anulou, que assim ficou composta: Rafael da Silva Veloso-Presidente; Davi Felipe Alves- Vice-Presidente; José Duruteu de Barros Filho-19 Secretário; José Marilson da Silva 2° Secretário.



Fonte - Portal Ponto Net.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.