Eventos

BEBÊ NASCE COM DUAS BOCAS NOS EUA; CONDIÇÃO É RARA E REQUER CIRURGIA


De acordo com os médicos, o problema é causado por malformação congênita. A descrição foi publicada no jornal científico BMJ Reports.


Nos Estados Unidos, uma bebê nasceu com duas cavidades orais, um quadro raro, com apenas 35 casos relatados na literatura médica desde 1900. 
De acordo com os médicos, o problema é causado por malformação congênita. A descrição foi publicada no jornal científico BMJ Reports.
Após o nascimento, uma ressonância magnética e uma tomografia computadorizada da região da mandíbula mostraram que essa "segunda boca" ainda continha um conjunto de dentes não irrompidos, um lábio e uma língua que se moviam em conjunto com a língua principal sempre que a criança era alimentada.
De acordo com os médicos da Medical University of South Carolina, nos EUA, que descreveram o caso, a pele ao redor da segunda cavidade desenvolveu uma superfície e secretava um líquido claro, semelhante a saliva. Apesar da anomalia, a menina não apresentou dificuldades para comer ou respirar --sua boca primária não estava conectada a essa segunda cavidade oral. Tratamento.
Tratamento 
Ao completar seis meses de idade, a criança foi levada ao centro cirúrgico para a remoção da lesão. A bebê teve um inchaço no local da cirurgia e teve alguns problemas para relaxar a parte direita do lábio inferior, problema que os médicos suspeitavam ser devido à falta de nervos, mas ela se recuperou bem, sem a necessidade de outras intervenções.
"A duplicação craniofacial de nossa paciente é um caso raro que se apresenta como uma anomalia isolada, sem síndromes ou anormalidades associadas. Embora essa condição seja rara, é importante considerar individualmente cada quadro, já que existe o risco de que essas estruturas possam comprometer a alimentação", escreveram os médicos.

 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.