Eventos

GOVERNO DO PIAUÍ GARANTE TER AVAL PARA NOVOS EMPRÉSTIMOS

Secretaria de Estado da Fazenda informa que o Piauí quitou todas as suas dívidas com o Tesouro Nacional em 2020



Sefaz divulga nota afirmando que governo pode realizar operações de crédito
Sefaz divulga nota afirmando que governo pode realizar operações de crédito
A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), divulgou uma nota  que desmente um vídeo divulgado pelo senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas,  sobre o nível de endividamento do Piauí, que estaria impedido de contrair novos empréstimos.


Sem fazer qualquer referência ao vídeo divulgado nas redes sociais pelo ex-aliado do  governo Wellington Dias e agora opositor Ciro Nogueira, a nota ressalta que “o Piauí está posicionado entre os 10 melhores estados do Brasil, com dívida consolidada líquida inferior a 60% da receita corrente líquida. ”



Ainda segundo a nota,  o Piauí foi o único estado brasileiro a quitar todas as dívidas junto ao Tesouro Nacional em 2020. Essa ação, segundo a Sefaz, “facilita a obtenção de operações de crédito para investimentos sem a necessidade do aval da União”.



Confira a nota divulgada pelo Governo do Piauí:

"NOTA

O Boletim das Finanças dos Entes Subnacionais de 2019, divulgado pela Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Economia, revela que o estado do Piauí cumpriu rigorosamente os dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal, incluindo o limite de 60% de gastos com pessoal e a meta de resultado primário (positivo em R$ 717 milhões).

Em relação ao nível de endividamento, o Estado do Piauí está posicionado entre os 10 melhores Estados do Brasil, com dívida consolidada líquida inferior a 60% da receita corrente líquida.

Importante destacar ainda o fato do Estado do Piauí ser o único Estado do Brasil a quitar, em 2020, todas as dívidas junto ao Tesouro Nacional, o que facilita a obtenção de operações de crédito para investimentos sem a necessidade do aval da União".


Fonte: ParlamentoPiauí

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.